Adriano Sousa

 

Adriano Sousa é técnico de formação, na Delegação Norte do Cecoa, desde setembro de 1991. Coordena cursos de aprendizagem, de educação e formação de adultos, ações de formação de curta duração e formação em prestação de serviços, à medida das necessidades das empresas, assegurando funções de supervisão na organização da formação, no apoio à ação pedagógica dos formadores e tutores e no acompanhamento da progressão dos formandos.

Iniciou a sua carreira, no Cecoa, em 1991, como técnico de formação e é hoje técnico de formação especialista. No início da sua atividade trabalhou, sobretudo, na realização de ações de formação de jovens nas associações comerciais do Norte, a título de exemplo, de Braga, Guimarães, Vila do Conde, Chaves, Lamego, Viana do Castelo. Durante 23 anos, acompanhou centenas de formandos, ajudou a estabelecer e a manter inúmeras parcerias com empresas, associações comerciais e empresariais. Esteve ligado a várias ações concertadas com diferentes estruturas do IEFP, a título de exemplo no Programa FEG.

 

Acompanhou formandos em deslocações ao estrangeiro, França e Itália, que no âmbito dos seus cursos, participaram em ações de formação de uma ou duas semanas em instituições parceiras do Cecoa.


Começou a sua vida profissional doze anos antes de ingressar no Cecoa, tendo trabalhado numa associação empresarial – A Associação dos Industriais Metalúrgicos e Metalomecânicos do Norte, ocupando, sucessivamente, os lugares de contínuo, responsável pela área de cobranças e programador e gestor de programa informático de análise dos dados dos mapas de pessoal. Depois de concluída a formação académica superior, foi formador do Cecoa na área de informática, em Bases de Dados. Após concurso, ingressou como técnico de formação no Cecoa. 


Licenciado em Filosofia, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Possui o certificado de aptidão profissional de formador. Participou em visitas de estudo do CEDEFOP, em Madrid e Turim.

Casado, há quase 25 anos, tem um filho, engenheiro informático, de 23 anos e tem, há mês e meio, um cachorro muito “malandreco”. Orgulha-se da sua família.

“Como procuro, persistentemente, e tenho por missão contribuir para formar profissionais qualificados e bons cidadãos, no Cecoa, com a ajuda preciosa de uma equipa de gente grande, estou, inevitavelmente, a tornar-me melhor pessoa”.

 





Contacte-nos

Lisboa

213 112 400

Porto

223 392 680

Coimbra

239 851 360