Início / Formação Adultos / Cursos / Comunicação na interação com o utente, cuidador e/ou família

FORMAÇÃO MODULAR CERTIFICADA - SAÚDE - PROG. NÃO CLAS. NOUTRA ÁREA DE FOR.

6560 - Comunicação na interação com o utente, cuidador e/ou família


Não existem ações a decorrer neste momento.  Interessa-me
Não existem ações a decorrer neste momento.  Interessa-me
Não existem ações a decorrer neste momento.  Interessa-me

Duração

50 h


Objetivos

Identificar possíveis estratégias para ultrapassar as barreiras na comunicação e interação com utente. Identificar mitos e crenças comuns nas populações migrantes e minorias étnicas em Portugal. Identificar os aspetos de natureza cultural, de género e de vulnerabilidade que podem consistir obstáculo à comunicação e à interação. Explicar que as tarefas que se integram no âmbito de intervenção do/a Técnico/a Auxiliar de Saúde terão de ser sempre executadas com orientação e supervisão de um profissional de saúde. Identificar as tarefas que têm de ser executadas sob supervisão direta do profissional de saúde e aquelas que podem ser executadas sozinho. Aplicar técnicas de comunicação na interação com o utente, cuidador e/ou família com alterações de comportamento ou alterações ou perturbações mentais. Aplicar técnicas de comunicação na interação com utentes com alterações sensoriais. Explicar a importância de comunicar de forma clara, precisa e assertiva. Explicar a importância de demonstrar interesse e disponibilidade na interação com utentes, familiares e/ou cuidadores. Explicar a importância de manter autocontrolo em situações críticas e de limite. Explicar o dever de agir em função das orientações do Profissional de saúde. Explicar o impacte das suas ações na interação e bem-estar emocional de terceiros. Explicar a importância de respeitar os princípios de ética no desempenho das suas funções de Técnico/a Auxiliar de Saúde. Explicar a importância de adequar a sua ação profissional a diferentes públicos e culturas. Explicar a importância de adequar a sua ação profissional a diferentes contextos institucionais no âmbito dos cuidados de saúde. Explicar a importância da cultura no agir profissional.


Público

Profissionais ativos, empregados e desempregados que, no âmbito da sua formação contínua, pretendam aperfeiçoar/atualizar os conhecimentos nas respetivas áreas de formação.


Programa

A comunicação na interação com o utente, cuidador e/ou família A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade A comunicação na interação com indivíduos com alterações de comportamento: - Agressividade - Agitação - Conflito A comunicação na interação com indivíduos com alterações ou perturbações mentais A comunicação na interação com o utente com alterações sensoriais A comunicação não verbal Outras linguagens Comunicação e Interculturalidade em saúde Barreiras interculturais na comunicação Mitos e factos sobre saúde e (i)migração A Comunicação e o Género em saúde A comunicação na interação com populações mais vulneráveis Tarefas que em relação a esta temática se encontram no âmbito de intervenção do/a Técnico/a Auxiliar de Saúde Tarefas que, sob orientação de um profissional de saúde, tem de executar sob sua supervisão directa Tarefas que, sob orientação e supervisão de um profissional de saúde, pode executar sozinho


Certificação

No final do curso os participantes receberão um Certificado de Qualificações, com aproveitamento, no caso do alcance dos objetivos definidos e da participação em, pelo menos, 90% da duração da formação. Esta UFCD - Unidade de Formação Modular Certificada está integrada no Catálogo Nacional de Qualificações e faz parte do percurso profissional de Técnico/a Auxiliar de Saúde, de nível de qualificação 4, que confere equivalência ao 12º ano de escolaridade, pelo que, a certificação nesta UFCD, contribui para uma qualificação profissional daquele nível.


Preço

Gratuito






Contacte-nos

Lisboa

213 112 400

Porto

223 392 680

Coimbra

239 851 360