Início / Inovação no CECOA / Projetos internacionais / RECOMFOR - Rede Europeia para a Educação e Formação Profissional no setor do Comércio

RECOMFOR - Rede Europeia para a Educação e Formação Profissional no setor do Comércio


Objetivos

O objetivo geral do projeto é criar uma rede europeia de formação (de nível 4 e 5 EQF/QEQ) para o setor do comércio, numa primeira fase, especificamente para o comércio internacional. Pretende abrir um espaço europeu de formação no qual a mobilidade (em contexto de formação em centros de formação ou em formação em contexto de trabalho) seja uma componente essencial, no respeito pelos princípios ECVET.

A rede RECOMFOR foi construída com base nos resultados de um projeto anterior – o projeto COMINTER – e assenta numa parceria constituída por parceiros e países que trabalharam em conjunto no contexto do projeto COMINTER mas alargada a outros países do espaço europeu (Portugal através do CECOA esteve representado no projeto COMINTER).

Para saber mais sobre o projeto COMINTER consulte: www.cecoa.pt/Projetos/transncio/Cominter.htm

 

Objetivos específicos

O objetivo geral do projeto é criar um espaço europeu de formação que ponha em prática os princípios ECVET respeitando o modo de funcionamento e a organização da formação própria de cada sistema de Educação e Formação Profissional, mas no qual:

  • A mobilidade se generalize e possa ser levada a cabo, de forma segura e com confiança, por um conjunto de centros de formação e de empresas (em 10 países, inicialmente) no quadro de percursos personalizados de formação;
  • Haja critérios de qualidade explícitos, respeitados por todos, tendo como objetivo, garantir qualidade aos períodos de mobilidade e contribuir para a perenidade da mobilidade;
  • Haja transparência nas qualificações, nos programas de formação e na avaliação dos resultados da aprendizagem, tendo em vista contribuir para o desenvolvimento do reconhecimento e transferência de resultados de aprendizagem;
  • O papel das empresas na formação seja claro e existam instrumentos disponíveis que potenciem o desenvolvimento e a melhoria do papel destas na formação;
  • Os procedimentos de funcionamento deste espaço sejam simples e que o papel das autoridades competentes nacionais seja reduzido ao estritamente necessário, permitindo aos atores no terreno atuar.

 

A rede tal como foi pensada e planeada deve ser sustentável e aberta:

  • No respeito pelo previsto no projeto COMINTER, o acompanhamento da mobilidade em contexto de trabalho deve permitir que a atualização das qualificações nos diversos países membros se faça de forma concertada;
  • A rede deve ser capaz de acolher no seu seio novos membros de países membros da União Europeia e de outros países;
  • A implementação da rede deve ser gradual uma vez que, nem todos os sistemas de Educação e Formação Profissional estão, neste momento, alinhados com os princípios ECVET e as exigências próprias de uma mobilidade reconhecida e transferível.

 

Parceria

Promotor:

CGI – Confederação Francesa de Comércio Grossista e Internacional (França)
Website: www.cgi-cf.com
Contacto: Hugues Pouzin

 

Coordenador:

MEN – Ministério da Educação Francês (França)
Website: www.education.gouv.fr
Contacto: Richard Maniak

CIEP– Centro Internacional de Estudos Pedagógicos - Ministério da Educação Francês (França)
Website: www.ciep.fr
Contacto: Sophie Jourdain 

 

Parceiros Operativos:

CECOA – Centro de Formação Profissional para o Comércio e Afins (Portugal)
Website: www.cecoa.pt 
Contacto: Cristina Dimas

CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (Portugal)
Website: www.ccp.pt
Contacto: Helena Leal

CEF – Conselho para a Educação e Formação Profissional da Região da Valónia (Bélgica)
Website: www.cef.cfwb.be
Contacto: Jean-Pierre Malarme 

CPI – Instituto Nacional para a Educação e Formação Profissional (Eslovénia)
Website: www.cpi.si
Contacto: Boštjan Košorok

CPU – Câmara do Comércio e Indústria da Eslovénia (Eslovénia)
Website: www.cpu.si
Contacto: Janez Dekleva

Generalitat de Catalunya – Ministério da Educação do Governo da Catalunha (Espanha)
Website. www.gencat.cat
Contacto: Angels Font

AGEFA PME (França)
Website: www.agefa.org
Contacto: Thomas Popovac

OEEK – Organização para a Educação e Formação Profissional (Grécia)
Website: www.oeek.gr
Contacto: Olga Konstantopoulou

Kenniscentrum Handel (Holanda)
Website: www.kchandel.nl
Contacto: Rob van Wezel

Albeda College (Holanda)
Website: www.albeda.nl
Contacto: Gerard van den Akker

USR Venezia – Ufficio Scolastico Proviciale di Venezia (Itália)
Webiste: www.istruzioneveneto.it
Contacto: Simonetta Bettiol

CPV – Centro de Produtividade da Região do Veneto (Itália)
Website: www.cpv.vi.it
Contacto: Enrico Bressan

NUOV - Instituto Nacional para a Educação e Formação Técnica e Professional (República Checa)
Website: www.nuov.cz
Contacto: Filip Capanda

NCTVET – Centro Nacional para o Desenvolvimento da Educação e Formação Técnica e Profissional (Roménia)
Website: www.tvet.ro
Contacto: Gabriela Ciobanu

CCIB – Câmara do Comércio e Indústria de Bucareste (Roménia)
Website: www.ccib.ro
Contacto: Ancuta Conta

 

Parceiros Estratégicos:

IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional (Portugal)
Website: www.iefp.pt

EVTA – Associação Europeia para a Formação Profissional (Bélgica)
Website: www.evta.net
Contacto: Pauline van den Bosch

CNCCEF – Comité Nacional dos Conselheiros de Comércio Exterior da França (França)
Website: www.cnccef.org

BTG Handel/ MBO raad  (Holanda)
Website: www.mboraad.nl

IUFFP – Instituto Federal Suíço para a Educação e Formação Profissional (Suiça)
Website: www.iuffp-svizzera.ch

SAK/CES – Associação Suiça do Comércio Internacional (Suiça)
Website: www.sak-ces.ch

 

Produtos/Resultados

  • Estabelecimento de uma rede sustentável de autoridades competentes, centros de formação e empresas, respeitando os princípios ECVET
  • Conjunto de instrumentos facilitadores da mobilidade entre centros de formação dos países parceiros
  • Conjunto de instrumentos facilitadores da organização da formação em contexto de trabalho/estágios
  • Conjunto de instrumentos possibilitando o reconhecimento e a transferência de resultados de aprendizagem, em contextos de mobilidade multilateral
    • Guia comparativo sobre sistemas e práticas de avaliação dos resultados de aprendizagem nos países da parceria e para as qualificações que integram a Rede
  • Conjunto de instrumentos visando garantir a qualidade e desenvolver confiança mútua no seio da Rede
  • Efetiva implementação da rede e de programas de mobilidade e de intercâmbio entre os países parceiros, suportados por uma plataforma digital
  • Plataforma digital
    • Experiências de mobilidade e intercâmbio entre centros de formação e em formação em contexto de trabalho
    • Reconhecimento e transferência de resultados de aprendizagem entre os países parceiros, de acordo com os princípios ECVET
  • Conjunto de orientações metodológicas permitindo a transferência dos resultados do projeto para outras qualificações do setor do Comércio e outros setores de atividade
    • Orientações Metodológicas: Estrutura da Rede
    • Orientações Metodológicas: Mobilidade em Formação
    • Orientações Metodológicas: Mobilidade em Formação em Contexto de Formação
    • Orientações Metodológicas: Reconhecimento e Transferência de Resultados de Aprendizagem
    • Orientações Metodológicas: Garantia da Qualidade e Confiança Mútua - “Rótulo”
  • Conjunto de instrumentos para divulgação e disseminação do projeto e dos seus resultados

 

Duração do projeto

dezembro de 2008 – maio de 2011

 

Enquadramento

Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida
Subprograma Leonardo da Vinci
Redes Transnacionais - Redes ECVET

Projeto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta comunicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão responsável pela utilização que dela possa ser feita.

 





Contacte-nos

Lisboa

213 112 400

Porto

223 392 680

Coimbra

239 851 360