Início / Notícias / Boas práticas e partes interessadas na comunidade.

Boas práticas e partes interessadas na comunidade.

ComNetNEET.

 

Jovens em situação NEET, que não trabalham nem estudam, em Portugal, mas mais concretamente em Lisboa: Quem e quantos são? Como motivar e mobilizar estes jovens para ultrapassar esta «fase» de vida? Como trabalhar com e para estes jovens? Que práticas sugerem as organizações de terreno? Que ferramentas promovem a mudança? Como se articulam e trabalham, em parceria, os técnicos dos territórios?

Foram estas as questões de partida para a primeira sessão de trabalho, realizada a 9 de Maio, na Casa dos Direitos Sociais, com entidades que operam à escala da cidade de Lisboa, e em especial, com as organizações da Freguesia da Ajuda e de Marvila, convidadas a trabalhar na metodologia de intervenção do projeto «ComNetNEET” para inclusão social de jovens em situação NEET.

A sessão foi dinamizada pela Câmara Municipal de Lisboa que, através da metodologia do “World Café”, promoveu o debate, a reflexão e a co-construção de conhecimento na(s) comunidade(s). Esta sessão permitiu-nos, para já perceber, enquanto equipa de projeto e numa primeira abordagem, o que está ao nosso alcance atingir, com que meios, em que período de tempo e qual o impacto esperado a curto e médio prazo.

A sessão de abertura contou com a presença do Sr. Vereador da CML Ricardo Robles, com o Pelouro dos Direitos Sociais e com a Diretora do CECOA, Isabel Silva Luís. A sessão contou também com a participação dos parceiros estratégicos do projeto: a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Junta de Freguesia da Ajuda, a Gebalis e a Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Pretendeu-se apresentar o projeto; conhecer os atores do terreno e as suas práticas de trabalho; reforçar o papel das diferentes partes interessadas a nível local para encontrar os melhores meios de otimização dos recursos e para aumentar a capacidade de trabalho em rede; e finalmente, como divulgar e explorar os resultados do projeto junto dos beneficiários relevantes, quer durante, quer após o projeto.  

Esta dinâmica deu origem a uma análise SWOT para diagnóstico dos pontos fortes e fracos, das oportunidades e das ameaças de uma intervenção desta natureza que será partilhada com as partes interessadas. Para além da CML, estiveram ativamente envolvidos os parceiros nacionais do projeto, o CECOA, coordenador do consórcio, a TESE – Associação para o Desenvolvimento e a Universidade Católica Portuguesa.

O projeto “ComNetNEET- Community Networking for Integration of Young People in NEET Situation” é financiado pelo Programa Erasmus +, Cooperação para a inovação e o intercâmbio de boas práticas, parcerias estratégicas nos domínios da educação, formação e juventude.

 

Para mais informação:

Website do projeto: https://neetsinaction.eu/

Facebook do projeto: https://www.facebook.com/neetsinaction/

 

 

Isabel Silva Luís, Diretora do CECOA, Ricardo Robles, Vereador da Câmara Municipal de Lisboa

Patrícia Gama, responsável pelo projeto na CML. 

 

Todas as fotografias: clique aqui





Contacte-nos

Lisboa

213 112 400

Porto

223 392 680

Coimbra

239 851 360