Início / Notícias / Visita de Estudo ao Pátio e Paço das Escolas da Universidade de Coimbra.

Visita de Estudo ao Pátio e Paço das Escolas da Universidade de Coimbra.

Curso de Técnico/a de Contabilidade.

 

No âmbito do módulo “Organização e Manutenção de Arquivo”, do Curso de Educação e Formação de Adultos da Delegação Centro do CECOA realizou-se, no dia 27 de março, uma visita de estudo ao Pátio e Paço das Escolas da Universidade de Coimbra.

Esta atividade visou os seguintes objetivos: observar as coleções de livros editados entre os séculos XV e XIX que integram o espólio da biblioteca Joanina; verificar a conservação do acervo desta Biblioteca e apreciar os diferentes conjuntos arquitetónicos envolventes.

Na concretização da visita contámos com a colaboração de uma guia intérprete que falou da história e cultura dos locais visitados - Paço Real, Sala de Armas, Sala dos Capelos, antiga Prisão Académica, Biblioteca Joanina e Capela de S. Miguel. No entanto, como o principal objetivo desta visita era a consolidação do módulo acima referido, detivemo-nos, mais aprofundadamente, nas características da Biblioteca Joanina. Assim, salientamos as seguintes informações:

- Esta obra-prima do Barroco garante um ambiente que permite a conservação do seu acervo contribuindo, para tal, as paredes com cerca de dois metros de espessura. Por outro lado, a porta principal é feita em madeira de teca, o que permite manter a temperatura constante entre os 18 e os 20ºC. Para ajudar a manter o ambiente estável, também os níveis de humidade relativa se fixam nos 60%, em muito conseguidos pelo facto de o interior da biblioteca estar revestido a madeira.

- Sendo a preservação dos livros uma preocupação fundamental, é necessária uma atenção e controlo constantes não só a nível das diferenças de humidade e temperatura como também relativamente a uma enorme variedade de insetos bibliófagos que proliferam neste espaço. Como fator de proteção contra estes insetos a Biblioteca é constituída por estantes feitas de madeira de carvalho que dificultam, por um lado, a penetração de parasitas e, por outro, exalam um odor que funciona como repelente.

Como curiosidade, foi também referido que na biblioteca habita uma colónia de morcegos, que, durante a noite, se vai alimentando dos diversos insetos existentes. Para prevenir qualquer dano causado pelos dejetos dos morcegos todos os dias, ao fechar da biblioteca, as mesas de madeira são protegidas com toalhas de couro.

Esta visita de estudo revestiu-se de grande utilidade não só como aprofundamento dos conteúdos programáticos mas também como um fator de enriquecimento pessoal e cultural.

 

 





Contacte-nos

Lisboa

213 112 400

Porto

223 392 680

Coimbra

239 851 360